Messi dispara por todos os lados após expulsão na Copa América

0
205

Lionel Messi esteve mais uma vez em foco, mas desta feita pela negativa.
No jogo de atribuições do 3º e 4º lugares da Copa América entre a Argentina e o Chile, o jogador do Barcelona foi expulso após uns empurrões com Gary Medel.

Após a partida o internacional argentino explicou a sua posição e não poupou críticas à Conmebol, considerando que a expulsão foi consequência das críticas que fez à arbitragem do Brasil-Argentina das meias-finais.

“Estou tranquilo, viu-se o que aconteceu. Digo sempre a verdade e sou honesto, isso é o que me deixa tranquilo. Se o que eu digo afeta e tem repercussões, isso não é culpa minha. Acho que o que se passou foi consequência do que eu disse. Talvez esteja a pagar a fatura pelo que disse da última vez. Com um cartão amarelo estava tudo resolvido. Foi por tudo um pouco. Não temos de fazer parte desta corrupção, desta falta de respeito de toda a Copa América. Estávamos a mais. A corrupção, os árbitros e tudo isto não permite que as pessoas participem no futebol”, afirmou.

A própria Conmebol já reagiu a estas acusações de Messi.
“No futebol, às vezes se ganha e às vezes se perde e um pilar fundamental do fair play é aceitar os resultados com lealdade e respeito. O mesmo ocorre para as decisões arbitrais, que são humanas e sempre serão perfectíveis.

É inaceitável que em função de incidentes próprios da competição, que contou com 12 seleções em igualdade de condições, se lancem acusações infundadas que faltam com a verdade e põem em discussão a integridade da Copa América”, refere o órgão que rege o futebol sul-americano em comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui