BOMBA! Mortos votaram na eleição interna do PT do Maranhão

0
233

O Processo de Eleição Direta (PED) do PT do Maranhão, onde os filiados votam para escolher a nova direção do partido, foi marcado por fraudes.

Documentos obtidos com exclusividade pelo site do Luís Pablo comprovam as mais diversas irregularidades que se possa imaginar, ocorridas de São Luís até o interior do Estado.

Entre os casos mais escandalosos estão os de pessoas já falecidas que “compareceram” à votação.

Em Presidente Dutra, por exemplo, Vanda Maria Gomes Ferreira consta com assinatura na lista de votantes, muito embora tenha falecido em 13/11/2017, conforme atesta a certidão de óbito a que tivemos acesso.

Em Dom Pedro, Artur de Alcantara Lima mesmo falecido em 04/05/2017 (conforme certidão de óbito) também “participou” da eleição do PT segundo a lista de votantes.

Em Presidente Dutra e Dom Pedro o processo eleitoral foi organizado por Francimar Melo, que disputava a presidência estadual do partido. Para espanto geral o resultado nesses municípios apontaram 100% dos votos a ele, o que dá a entender que o processo foi manobrado para supostamente lhe beneficiar.

Essas fraudes são objeto de um recurso à instância nacional do partido pedindo a anulação dos votos. E para completar, Francimar é secretário-adjunto da Agência de Mobilidade do Governo do Maranhão.

Será que o governador Flávio Dino sabe disso?