Pesquisa aponta 54,5% de desaprovação ao governo de Flávio Dino

0
147

O declínio do governo comunista começa a ficar mais visível a partir de pesquisas feitas por institutos contratados por governistas e em outros encomendados pela oposição. Diante da nova realidade, Flávio Dino deve ficar mais no Maranhão, colocar de lado o sonho de ser candidato à presidência da República, e disputar a única vaga de senador em 2022.

As pesquisas feitas para medir as sucessões municipais incluíram em seus questionários a avaliação do governo estadual e a disputa para governador em 2022.

Pelos levantamentos feitos pela Escutec, em várias cidades a reprovação ao governo de Flávio Dino cresce e, ao mesmo tempo, o nome da ex-governadora Roseana Sarney vai ganhando a simpatia dos eleitores consultados.

O Instituto DataM, que proximidade com o governo, encontrou na cidade de Arari o maior índice de desaprovação a gestão comunista. Enquanto 34,6% aprovam o governo, 54,5% desaprovam e 11% não souberam responder.

Na mesma cidade, Roseana aparece bem posicionada com 39,9% da intenção dos votos para governadora em 2022, se a eleição fosse hoje. Em segundo lugar vem o nome da senadora Eliziane Gama com 13,3%, seguida pelo colega senador Weverton Rocha com 5,6% e o vice-governador Carlos Brandão com 0,3%.  Não votariam em nenhum deles 27,9% e não souberam responder 13,0%.

Confira abaixo os números do DataM: