Principal revista do país reafirma que a miséria aumentou no Maranhão agora com o comunismo

0
95

Uma das principais apostas da esquerda para a eleição de 2022, o governador Flávio Dino é um comunista no comando do Maranhão. Como mostrou reportagem de VEJA, na gestão do político do PCdoB, o estado registrou importantes avanços em índices de qualidade de vida, como saúde e educação, mas viu ampliar-se a concentração de renda e o desemprego.Como se não bastasse, ele conseguiu uma “façanha” às avessas: em sua gestão, a miséria aumentou ainda mais no mais miserável de todos os estados brasileiros. Como “remédio”, o governador vem abrindo de forma temerária os cofres. Nesse aspecto, provou ser um comunista. Os últimos três anos do Maranhão foram no vermelho, com déficits consecutivos.Da revista Veja