Governador Flávio Dino diz que mais de 200 pessoas assintomáticas podem estar com o novo Coronavírus

0
120

O governador Flávio Dino (PCdoB) declarou, durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira 30, que o novo coronavírus, responsável pela pandemia da doença Covid-19, já é transmitido no Maranhão de forma comunitária ou sustentada, que ocorre entre indivíduos que não viajaram e nem tiveram contato com pessoas que estiveram no exterior.

Sem dar detalhes sobre a partir de que caso foi identificado esse tipo de transmissão, o comunista afirmou, ainda, que estimavas da SES (Secretaria de Estado da Saúde) apontam que mais de 200 pessoas já devem estar infectadas com Covid-19 no estado.

“Tivemos uma mudança de fase com relação ao coronavírus no Maranhão. Nesses últimos casos nós observamos transmissão comunitária, ou seja, já não é possível identificar com precisão de onde o vírus veio. Por isso nós estamos falando que, muito provavelmente, nós tenhamos mais de 200 pessoas, neste instante, portando o vírus em várias cidades do Maranhão, mesmo que elas não saibam”, declarou.

Na última sexta-feira 27, a —até então— ausência de confirmação da transmissão comunitária do novo coronavírus no estado foi usada por entidades empresariais para pedir ao governador, em carta conjunta, autorização para o retorno gradativo das atividades econômicas no estado, a partir do próximo domingo, 5 de abril.

Com a confirmação, aumenta a pressão para que Dino mantenha todas as medidas restritivas ao comércio e aos serviços não essenciais, conforme, mostrou o ATUAL7, será feito em relação às aulas nas instituições de ensino da rede pública e privada.

Segundo balanço mais recente da SES, divulgado nesse domingo 29, o número de casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão subiu de 16 para 23 em apenas 24 horas. No mesmo período, uma morte pela Covid-19, em São Luís, de um homem de 49 anos e com histórico de hipertensão, foi registrada.

Há ainda 434 casos suspeitos, sob investigação.