Avião que transportava médico com Covid-19 cai no Ceará e quatro pessoas morrem; três eram médicos

0
56

Na noite desta última sexta-feira (15), por volta das 19h, um avião de pequeno porte de Teresina caiu em uma mata entre o Sítio Santa Tereza e o Sítio Meio do Topo, na Serra da Ibiapaba, na cidade de São Benedito, a 317 km de Fortaleza, no Ceará, vitimando fatalmente quatro pessoas. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Sobral, as vítimas seriam o piloto e três médicos.

A aeronave que caiu era uma Seneca PT-RMN da empresa de locação Top Line, de Teresina. Esse avião foi contratado em Teresina e foi a Sobral para buscar o médico Pedro Meneses, que foi diagnosticado com Covid-19.

Pedro Meneses é de Teresina, mas era radicado em Sobral (CE) há muito tempo. Ele tinha contraído o vírus e conseguido uma vaga em hospital de Teresina para tratamento médico. Ele estava acompanhado de mais dois médicos para lhe auxiliar. No momento em que voltavam para a capital do Piauí, a aeronave caiu e pegou fogo. O piloto foi identificado como Paulo César Magalhães Costa.

O TMA (grupo de spotters/observadores da aviação de Teresina e interior) no Instagram divulgou uma nota lamentando o ocorrido com o piloto na tragédia. Segundo a nota, a comunidade aeronáutica piauiense está desolada com tamanha triste notícia.

O TMA Teresina se solidariza com a família do grande e querido Cmte Paulo César Magalhães Costa, o nosso PC! Aviador apaixonado e acolhedor para com os novatos na profissão ou simplesmente a galera do Aeroporto (curiosos, fotógrafos, mecânicos etc..). Faleceu a pouco após o avião que pilotava (Seneca PT-RMN) chocou-se contra a Serra da Ibiapaba, no município de São Benedito. A comunidade aeronáutica piauiense está desolada com tamanha triste notícia. Quando um sai da rota, todos sentimos! Que Deus autorize seu último pouso em proa direta no paraíso! Também mandamos nossas condolências às famílias das outras vítimas envolvidas.