TRF-4 mantém pena de 17 anos do ex-presidente Lula

0
40

BRASIL – A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4) manteve, nesta quarta-feira (6), a condenação do ex-presidente Lula. O ex-presidente foi condenado a 17 anos no caso do sítio de Atibaia (SP).

Os desembargadores, por unanimidade, negaram os recursos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula. Na última petição apresentada na noite dessa terça-feira (5), os advogados de Lula solicitaram suspensão do julgamento virtual com base no depoimento do ex-ministro Sergio Moro que aconteceu no último sábado (2).

Segundo a defesa de Lula, a oitiva do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, era um novo acontecimento relacionado ao processo de suspeição do ex-juiz da Lava-Jato, que aguarda julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4) também negou o pedido dos advogados para que a sessão virtual fosse cancelada. A defesa de Lula solicitou que o julgamento do caso só acontecesse presencialmente para que eles pudessem participar. No processo dejulgamento virtual acontece, somente, o déposito dos votos dos desembargadores, sem a presença dos advogados. No entanto, ainda cabe recurso nesse caso.