Abre o Olho Policia Federal; Em Maracaçumé prefeitura compra testes rápidos do Covid-19 por R$ 200 cada

0
101

Com recursos do Fundo Municipal de Saúde de Maracaçumé, o prefeito Francisco Gonçalves de Sousa Lima, o Chico Velho, adquiriu 150 testes rápidos para Covid-19 pelo valor unitário de R$ 200,00. Encontrado por menos de R$ 150,00 no mercado, o teste rápido foi comprado pela gestão municipal de Maracaçumé com a JJ Silva & Santos LDTA, em contrato no valor total de R$ 30.000,00.

Um dos contratos já citados neste portal já foi, inclusive, denunciado na Polícia Federal. O gestor municipal pode estar envolvido em esquema de superfaturamento de produtos e materiais utilizados para o enfrentamento da Covid-19 no município, como Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e material de higiene destinados a proteção e prevenção ao novo coronavírus.

Através da Dispensa de Licitação nº 004/2020 foi firmado, de forma emergencial por conta da pandemia, um contrato de R$ 258.441,77 com a empresa G.R.B. Nunes Eireli. De acordo com a tabela de preço da empresa, o prefeito Chico Velho adquiriu produtos até 200% mais caros do que os preços praticados pelo mercado.

Assim como outros gestores municipais, o prefeito de Maracaçumé já está na mira da Polícia Federal, e pode ter que responder também pela aquisição dos testes superfaturados.