Prefeita é condenada pelo TRE-MA e está fora das eleições 2020

0
92

A prefeita do município de Santa Luzia, França do Macaquinho (PP), foi condenada em 2ª instância pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) em julgamento na manhã desta terça-feira (1º). Com a decisão do tribunal, a prefeita está inelegível por oito anos e não poderá concorrer às eleições deste ano.

França do Macaquinho está sendo acusada de compra de voto e abuso do poder político e econômico nas eleições de 2016. Em novembro de 2018, o TRE já tinha decidido pela a cassação da prefeita e vice-prefeito do município. Na acusação, compra de votos e abuso de poder econômico. Mesmo a chapa tendo sido cassada, os dois gestores permanecem no comando da prefeitura de Santa Luzia.

Agora com o processo de França do Macaquinho subindo para Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ela deve deixar a prefeitura de Santa Luzia após decisão.

Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral, esse foi o processo mais longo da história do tribunal, devido à entrada dos 14 embargos feitos pela defesa, o que caracteriza a manobra feita com intuito de adiar sua condenação. Hoje, após o julgamento do 14º embargo, França do Macaquinho além de condenada, foi multada e teve seu processo transferido para o TSE, onde pode ser afastada do cargo a qualquer momento pela corte superior eleitoral.

Diante de tudo isso, França do Macaquinho antecipou a sua convenção para o próximo dia 4, com intuito de transparecer que será candidata à prefeitura de Santa Luzia.

Com a cassação de França, a população de Santa Luzia deve voltar a sonhar com melhorias no município, considerando que a péssima administração vem impactando negativamente em todas as áreas.