Começa a disputa acirrada para 2022, onde trás os principais protagonistas Josimar de Maranhãozinho, Weverton Rocha e Carlos Brandão

0
195

Estão cada vez mais animados os bastidores do governo Flávio Dino (PCdoB) após a eleição de 2020.

Com a derrota do comunista – que apoiou Duarte Júnior (Republicanos) no 2º turno da disputa na capital -, e seu consequente enfraquecimento, as três principais lideranças do seu grupo que estão de olho em 2022, Carlos Brandão (Republicanos), Josimar de Maranhãozinho (PL) e Weverton Rocha (PDT), seguem se articulando.

Por ora, Brandão acredita estar em vantagem pelo fato de poder sentar na cadeira de governador assim que Dino deixar oposto para candidatar-se a presidente, a vice-presidente, ou a senador.

O grupo de Weverton Rocha, por outro lado, trabalha com a ideia de convencer o Palácio dos Leões a oferecer uma vaga no TCE a Brandão para tirá-lo do caminho – em outra frente, atua para anular Josimar no debate.

Já o próprio Josimar acredita que, reforçado após eleger 40 prefeitos em 2020, pode formar um grupo coeso que lhe garanta a sustentação necessária para uma candidatura ao governo, mesmo sem o apoio declarado dos comunistas.

Do Gilberto Léda