Em Rede Social; Milton Lemos mostra extrato bancário (FPM) com rombo milionário aplicado pela ex-gestão

0
949

Em sua rede rede social, WhatsApp, o chefe de gabinete Milton da Silva Lemos resolveu se pronunciar da roubalheira aplicada pela gestão anterior, a verba do (FPM) no repasse que seria dia (30) Janeiro. O INSS voltou a cobrar dívidas junto a receita federal tudo isso aplicado pela administração anterior que comandou o município por 4 anos.

No ultimo final de semana a prefeita Nelene Gomes já havia mostrado o caos que se encontra as contas pública do município (REVEJA AQUI).

Dívida milionária com o INSS

Tate do Ademar não pagou o INSS de Janeiro de 2017 a novembro de 2020. A dívida, pasmem, alcançou o valor de 3.228.733,48 R$. Isso mesmo, Mais de 3 milhões de Reais. Em dezembro, quando já estava dando adeus à prefeitura, na surdina, ela fez um acordo de parcelamento e jogou a bomba para explodir nas mãos da atual gestora, Nelene Gomes. Agora, o corpo jurídico do Município tenta bloquear esse desconto automático via liminar judicial.

Veja aqui os débitos de INSS da ex-gestão Tate do Ademar, referentes a Janeiro/2017 a Novembro/2020

Confira abaixo o pronunciamento do chefe de gabinete: