Justiça proíbe festas de carnaval e som em bares e restaurantes

0
58

Em decisão na manhã desta quinta-feira (11), o juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís Douglas Martins indeferiu o pedido de lockdown requerido pela Defensoria Pública do Maranhão, mas estabeleceu algumas medidas restritivas.

Entre elas, a realização de festas durante o carnaval. A medida vale até o domingo dia 21 de fevereiro.

Além disso, bares e restaurantes estão proibidos executarem música, mesmo que ambiente.

Douglas anunciou também que, caso haja agravamento da pandemia da covid-19, medidas mais drásticas devem ser tomadas para conter o avanço da doença.

A audiência que definiu as novas providências foi realizada no auditório da Procuradoria Geral de Justiça.