Trabalhadores são confundidos com sequestradores de crianças e quase são mortos pela população no Maranhão

0
130

A vontade de fazer à Justiça com as próprias mãos, quase termina em uma tragédia e com mortes de inocentes neste domingo (31) no Povoado Japão em Vitória do Mearim no Maranhão.

De acordo com informações, quatro pessoas identificadas como Leandro Meireles, Francisco Noleto, Maria das Graças e Samara de Jesus, estavam no povoado trabalhando com o concerto de eletrodomésticos já alguns dias.

Porém neste último domingo, uma criança viu o carro que passava e acabou se assustando, devido às notícias nas redes sociais sob supostos sequestradores de criança.

Ao sair correndo em pânico, alarmando os moradores do pequeno povoado, uma multidão foi atrás dos ocupantes do carro, interceptando o veículo. Um morador local, viu que a situação não se tratava de sequestradores, e sim, de trabalhadores autônomos, ele conseguiu segurar a multidão que estava em posse de espingardas e armas brancas, impedindo o linchamento.

Eles ficaram no interior de uma residência, até a chegada de uma guarnição da Polícia Militar, que resgatou ambos e levou em segurança para o município.