Demorou, mais aconteceu: Governo do Maranhão entra na Justiça pela redução de salários dos servidores

0
239

O Blog A Voz do Alto Turí publicou após a eleição a situação de penúria financeira que irá atravessar o Estado nos próximos dois anos. Nem bem chegou 2019, agora mesmo o governo ingressa judicialmente para reduzir salários e evitar novos aumentos.

Os servidores que ganharam na Justiça o aumento de 21,7% podem perder o reajuste e os que entraram nas comarcas pleiteando o benefício da lei não chegarão a gozar do reajuste.

Ocorre que a Procuradoria Geral do Estado deixou só aliviar o clima da eleição para ajuizar Ação Rescisória para rescindir o acórdão que garantiu aos servidores o reajuste de 21,7%. Atento aos movimentos do governo, o Sindicato dos Policiais do Maranhão emitiu uma nota alertando os funcionários da categoria, conforme publicação abaixo:
a situação financeira do Maranhão não é das melhores. O governo vinha pregando um paraíso, mas foi só passar a vitória das urnas, eis que o inferno deu as caras.
Ao contrário da propaganda do governo de Flávio Dino, o jornal Folha de São Paulo, junto com o instituto Data Folha, realizaram um levantamento do Ranking de Eficiência dos Estados (REE-F) e apontam os cinco estados mais eficientes do pais. O Maranhão não figura na relação.
Conforme o jornal, foram levantados os estados que “entregam mais educação, saúde, infraestrutura e segurança à população, utilizando o menor volume de recursos financeiros”. O nosso Maranhão aparece em 14º, como sendo pouco eficiente e não o mais eficiente.
Não existe mais dinheiro em caixa disponível para prosseguir com as obras em andamento e muito menos para iniciar as planejadas, como as policlínicas anunciadas pelo governador Flávio Dino durante o programa eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui