Era só o que faltava: apoio de derrotados no Maranhão não ajuda em nada Jair Bolsonaro

0
207

Com exceção da ex-prefeita Maura Jorge, que foi candidata de Jair Bolsonaro ao cargo de governadora no Maranhão, agora no segundo turno a turma que perdeu para Flávio Dino resolveu emprestar apoio ao Capitão.
Ao contrário de ajudar, apoios como o de Roseana Sarney (anunciado hoje), Ricardo Murad, Roberto Rocha, Andreia Murad, Souza Neto e João Alberto em nada ajudam o candidato a presidente a virar o jogo no Maranhão, que foi um dos estados nordestinos em que ele perdeu. Haddad obteve 61,26% dos votos contra 24,28% para Bolsonaro.
A sarneyzada não consta na agenda do “mito” pelas práticas antigas da política, como aquela do toma lá e recebe de cá. Bolsonaro não precisa de lideranças no Maranhão para vencer em São Luís e na maioria das cidades maranhenses.
É melhor deixar que o eleitor brasileiro que vem tocando a campanha do Capitão sem nada cobrar e nem pagar militantes, fazer a campanha.
Gravar um vídeo com Roseana Sarney, por exemplo, só vai queimar o homem. Aparecer ao lado de Sarney é um suicídio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui