Veículos incendiados, agências bancárias arrebentadas, reféns, três bandidos mortos e uma vitíma, na noite de terror em Bacabal

0
187

Bacabal amanheceu mais aliviada, mas ainda traumatizada com a noite de cão vivida ontem por seus moradores depois da invasão da cidade por bandidos fortemente armados que tocaram o pânico. 

Desde às 22h de ontem, dia 25 (domingo) que os bandidos chegaram para realizar um grande e planejado assalto. Armados com fuzis, eles eram mais de 20 e logo sitiaram o 15º BPM, crivando de balas o lado externo do quartel, assim como cercaram a sede da delegacia, onde incendiaram um carro bem próximo.

Em seguida os bandidos partiram para a agência do Banco do Brasil que foi dinamitada, fizeram várias pessoas de reféns, colocando no capô dos carros usando como escudo humano para sair da cidade. Até uma gestante e um cinegrafistas ficaram reféns dos bandidos.
Tiros, muitos tiros de fuzis deixam em pânico milhares de pessoas que residem no centro. Foram três horas de intensos tiroteios. Acuados, os militares tiveram que pedir reforços para as guarnições de cidades mais próximas.
Novos confrontos levaram à morte três bandidos e um jovem cidadão que foi baleado pelos assaltantes pelas costas e veio a óbito no local. Assim que os meliantes saíram para deixar a cidade, foi a vez de vários populares fazer a festa, carregando o dinheiro que ficou pelo caminho e dentro da agência do BB.

Alguns conseguiram levar muitas cédulas nos bolsos, sacolas, cuecas, calcinhas e sutiãs, mas muitos acabaram presos por militares. Nas ruas de Bacabal, carros incendiados, principalmente na estrada e saída da cidade.
Esse foi o saldo de uma noite de cão vivida pelos moradores da cidade durante o maior e mais ousado assalto a banco na história de Bacabal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui