Policial Militar assaltante de casal que roubou dinheiro do Banco do Brasil de Bacabal queria R$ 800 mil

0
285

Foram cenas de terror e pânico vividos pelo casal que teve a casa assaltada na cidade de Bacabal por dois militares da PMMA na madrugada de sábado, dia 26.  Em entrevista coletiva nesta última, segunda-feira (28), o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, informou que os militares exigiam R$ 800 mil e chegaram a colocar a pistola da própria corporação na cabeça de um filho especial do casal. 
Portela se sentiu constrangido de informar detalhes na ação dos policiais, como o uso da arma esfregando nas partes íntimas da mulher para que informasse onde estava o dinheiro. Eles exigiam R$ 800 mil que teriam sido furtados pelo casal após o assalto ao Centro Distribuidor do Banco do Brasil, em Bacabal.
O marido, que conseguiu fugir na ação, informou antes que disse aos militares onde estava o dinheiro: na casa do pai dele, para onde eles foram e uma viatura chegou ao local e conseguiu prender o militar Pádua com quase R$ 3 mil roubados do casal. R$ 16 mil foram encontrados na casa das vítimas e entregues ao Banco do Brasil.
O secretário da SSP-MA informou ainda que diligências estão sendo feitas para capturar o soldado Nascimento, que também participou do assalto, e permanece foragido. Jefferson Portela afirmou que os dois estão indiciados como autores e nem suspeitos do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui