Prefeito acusado de mandar executar secretário, poderá ser preso a qualquer momento

0
216

O prefeito de Cândido Mendes, Mazinho Leite e uma assessora jurídica do município, identificada como Edna estão sendo apontados pela polícia como principais suspeitos do assassinato do secretário de saúde do município, o crime ocorreu em 2014. A secretária Edna já se encontra presa. 

 O crime teria acontecido em consequência do secretário ter ameaçado revelar um suposto esquema de corrupção nas verbas da saúde do município, a polícia investigou e chegou à conclusão que os tiros que atingiram o secretário não partiram de fora do veículo que o mesmo se encontrava, e sim de dentro do veículo, no veículo estava o secretário um funcionário que já se encontra preso, e a esposa do secretário assassinado que teve prisão decretada nos últimos dias pelo desembargador José Luís almeida. 


Mais e o Mazinho Leite?

Segundo informações obtidas pelo blog, um pedido de prisão contra Mazinho Leite foi expedido, porém negado por um juiz, que espera novos elementos para autorizar ou não a prisão do prefeito de Cândido Mendes. Enquanto isso o município de Cândido Mendes segue sendo administrado por um suspeito de pistolagem. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui